Caminhos – Um amor de verdade (Z. Gasparetto)

” A dor incomoda, o sofrimento constrange. Todos queremos nos  libertar deles. Assim, vamos procurando novos caminhos menos dolorosos. No fim aprendemos que somos responsáveis por tudo quanto nos acontece, que somos nós que com nossas atitudes atraímos o bem ou o mal.  “

Posted in Um amor de Verdade (Z. Gasparetto) | Leave a comment

Tempestade – Um amor de Verdade (Z. Gasparetto)

 

“A tempestade interior irrompia mais forte do que a de fora, e ela não conseguia acalmar seu coração tumultuado e aflito.”

 

Posted in Um amor de Verdade (Z. Gasparetto) | Leave a comment

Termino – Quando a vida escolhe (Z. Gasparetto)

Cheguei ao fim de mais um livro de Zibia, sinto-me um pouco triste, quando leio os seus livros acabo me envolvendo, me transporto para a história, vivo, sofro as dores deles, choro, me emociono, fico feliz com os personagens, desejo descobri o grande desfeche mas ao mesmo tempo queria que não terminasse…

Mas…

Enfim!!!

The End… e todos viveram feliz para sempre!!!!

Me resta agora começar um outro livro… e quem sabe no futuro não distante reler “quando a vida escolhe” …

A escolha e minha não é…risos!

Posted in Quando a vida escolhe (Z.Gasparetto) | Leave a comment

Fim – Quando a vida escolhe (Z. Gasparetto)

” Quem ama, nunca se separa. Para onde eu for, estaremos  sempre
juntos.”

Posted in Quando a vida escolhe (Z.Gasparetto) | Leave a comment

União – Quando a vida escolhe (Z. Gasparetto)

” A música começou e as pessoas aconchegaram-se perto dos cordões de isolamento para ver a noiva passar. A porta principal abriu-se ao som da marcha nupcial, Ela estava linda em seu vestido de renda branca, com o  corpete justo rebordado por delicadas pérolas e vidrilhos, uma saia cheia de pequenos babados, salpicada aqui e ali de pequenos brilhos; nos cabelos, penteados em gracioso coque no alto da cabeça, havia um enfeite de pérolas de onde saía o
véu que caia até a barra da saia. Nas mãos, um buquê de flores naturais. O juiz,  depois de efetuar o casamento, fez comovida
oração sobre a família e o amor, terminando por evocar Deus na bênção ao casal e a desejar-lhes felicidades.
Feliz, recebeu o beijo do marido e juntos dirigiram-se ao outro
salão para as fotos e cumprimentos. Tudo era alegria e felicidade. ”

 

Posted in Quando a vida escolhe (Z.Gasparetto) | Leave a comment

Confiança – Quando a vida escolhe (Z. Gasparetto)

“Uma vida em comum precisa ser solidificada na confiança
mútua. Há que haver sinceridade.”

Posted in Quando a vida escolhe (Z.Gasparetto) | Leave a comment

Amor – Quando a vida escolhe (Z. Gasparetto)

“O amor acontece. Ë espontâneo e enche nossa vida de alegria, de razão para viver, de plenitude. Ë um sentimento que, quando
recíproco, nos leva a felicidade. Não é uma guerra onde cada um precisa dominar o outro. E para merecê-lo, há que correr o risco. Como pode encontrar a felicidade sem tentar? Fechando o coração aos sentimentos mais importantes da vida?”

Posted in Quando a vida escolhe (Z.Gasparetto) | Leave a comment