União – Quando a vida escolhe (Z. Gasparetto)

” A música começou e as pessoas aconchegaram-se perto dos cordões de isolamento para ver a noiva passar. A porta principal abriu-se ao som da marcha nupcial, Ela estava linda em seu vestido de renda branca, com o  corpete justo rebordado por delicadas pérolas e vidrilhos, uma saia cheia de pequenos babados, salpicada aqui e ali de pequenos brilhos; nos cabelos, penteados em gracioso coque no alto da cabeça, havia um enfeite de pérolas de onde saía o
véu que caia até a barra da saia. Nas mãos, um buquê de flores naturais. O juiz,  depois de efetuar o casamento, fez comovida
oração sobre a família e o amor, terminando por evocar Deus na bênção ao casal e a desejar-lhes felicidades.
Feliz, recebeu o beijo do marido e juntos dirigiram-se ao outro
salão para as fotos e cumprimentos. Tudo era alegria e felicidade. ”

 

Advertisements
This entry was posted in Quando a vida escolhe (Z.Gasparetto). Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s